Do site da OAB Federal (11/12): uma das maiores conquistas da advocacia nos últimos 20 anos, a inclusão da classe no regime de tributação Simples promete trazer inúmeros benefícios para os advogados. Para ajudar a entender o impacto dessa medida entre seus profissionais, a OAB Nacional, em parceria com a Secretaria da Micro e Pequena Empresa, o Sebrae e a FGV, realizam uma pesquisa nacional sobre a adesão da advocacia ao Simples.
A cargo da FGV, a pesquisa visa à elaboração de propostas para subsidiar a formulação de projeto de lei destinado ao aprimoramento do SIMPLES Nacional, buscando o crescimento das empresas, o aumento da transparência, a simplificação das obrigações e o aprimoramento do sistema tributário, tendo como base o estímulo ao desenvolvimento.
Segundo o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, é fato que a inclusão da advocacia no Simples facilitará o trabalho de dezenas de milhares de profissionais, que pagarão menos tributos e terão estímulo para a formalização de seus escritórios. “Agora, escritórios de advocacia, principalmente os pequenos e com profissionais no começo de carreira, terão um grande estímulo para se formalizarem e, assim, contribuir com o crescimento do Brasil, gerando empregos e tributos”, afirmou.
Na pesquisa, os advogados responderão a sete perguntas simples, como o grau de conhecimento do sistema de tributação Simples, se pretendem aderir ao sistema e se o Simples permitirá um crescimento em sua atividade. Os dados de cada participante são sigilosos e serão usados apenas para os resultados da pesquisa.
 Para responder à pesquisa, basta clicar na imagem abaixo para ter acesso ao site.