DO SITE DO GLOBO (26/06):

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio acaba de cassar, por unanimidade, o Colar do Mérito Judiciário dado a Sérgio Cabral, por causa da condenação de 13 de junho, pelo juiz Sérgio Moro, a primeira dele até agora na Lava-Jato.

Como se sabe, Moro condenou o ex-governador do Rio a 14 anos e dois meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, acusado de receber propina da construtora Andrade Gutierrez nas obras do Comperj.